Passar para o Conteúdo Principal

Biblioteca de Sever do Vouga distinguida

Co 222017   mencao honrosa biblioteca pais do avesso  3  1 1024 2500
Co 222017   mencao honrosa biblioteca pais do avesso  2  1 1024 2500
02 Novembro 2017

“Boas Práticas em Bibliotecas Públicas”

Biblioteca de Sever do Vouga distinguida

O projeto “Pais do Avesso”, da Biblioteca Municipal de Sever do Vouga, foi distinguido pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB) com uma menção honrosa, no âmbito da 3.ª edição do Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais. A iniciativa visa reconhecer projetos inovadores desenvolvidos por bibliotecas públicas municipais portuguesas.

Promover o conceito de parentalidade positiva junto das famílias é o objetivo do “Pais do Avesso”, projeto anual que vai na sua 2.ª edição, desenvolvido em parceria com o Serviço de Ação Social do Município de Sever do Vouga e Centro de Apoio Familiar e de Aconselhamento Parental “Raio de Sol”, da Associação Humanitária Mão Amiga, de Albergaria-a-Velha.

“Ao longo dos anos, a aposta tem incidido em projetos que envolvam a comunidade e reforcem o papel da biblioteca como porta local de acesso à informação, sem esquecer a sua função social. Com um orçamento modesto, mas uma equipa capaz e empenhada e parceiros de qualidade, a Biblioteca Municipal de Sever do Vouga tem se afirmado como um equipamento cultural de qualidade na Região de Aveiro”, afirma o vice-presidente da Câmara Municipal e Sever do Vouga, Almeida e Costa, que recebeu o galardão das mãos do Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, no dia 27 de outubro, durante o 14º Encontro da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, em Esposende.

A preocupação com a educação dos filhos, a mudança do paradigma da educação autoritária para a parentalidade positiva, os papéis parentais, a comunicação, as birras, os castigos, os limites, o afeto e o colo são alguns dos assuntos que instigam a procura de informação e orientação profissional por parte de indivíduos com responsabilidades sobre a vida de menores. Desta forma, o projeto “Pais do Avesso” pretende dar resposta a muitas das inquietações do dia-a-dia das famílias, através de um conjunto de palestras e workshops com diferentes especialistas (educadores sociais, psicólogos, terapeutas, pediatras, entre outros).

Para a bibliotecária Andreia Amorim, a menção honrosa atesta a excelência de um serviço que se distingue pela “criatividade, envolvimento afetivo e sentimento de pertença”. “Temos uma equipa com grande capacidade de trabalho e entregamo-nos à causa pública com uma vontade permanente de inovar”, assegura.

O primeiro prémio foi atribuído ao projeto “Ao som das histórias”, da Biblioteca Municipal de Ílhavo, um programa semanal de rádio de dinamização da leitura. O júri reconheceu igualmente o mérito do projeto “Padrinhos de leitura”, da Biblioteca Municipal Urbano Tavares Rodrigues, em Moura, que recebeu uma menção honrosa. Instituído pela DGLAB em 2014, pretende-se com este prémio “contribuir para o reconhecimento e para a valorização do papel social das bibliotecas públicas, promovendo a divulgação, partilha e difusão das boas práticas”.