Passar para o Conteúdo Principal

Apresentação do livro “Sueca para 4 jogos” reuniu mais de 60 pessoas

Co 582019  livro sueca apresentacao  2  1 1024 2500
09 Julho 2019

Amantes da Sueca, vindos de vários pontos do país, estiveram em Sever do Vouga para a apresentação do livro “Sueca para 4 jogos”, que decorreu na Biblioteca Municipal, na tarde de 6 de julho. O livro, editado pela Gramma e escrito pelo empresário silvaescurense Adelino Pereira, valoriza uma das grandes tradições portuguesas, ao abordar a sua importância cultural, social e até terapêutica.

Após muita prática, pesquisa e estudo, Adelino Pereira, a residir no Brasil (Recife) há 17 anos, propõe um novo olhar sobre o jogo. “A Sueca é vista e analisada de uma forma tradicional, mas também sob outros ângulos até agora não observados, privilegiando o raciocínio e a lógica em detrimento da intuição. Com esta publicação inédita, quis valorizar um traço inequívoco da cultura portuguesa, disponibilizando orientações estratégicas e técnicas, além da visão histórica também presente”, explica o autor, sublinhando a importância do trabalho em equipa. “Ninguém pode elogiar os seus próprios feitos enquanto jogador porque o bom resultado depende sempre do parceiro. É um jogo de equipa”, afirma.

A apresentação, que reuniu mais de 60 pessoas, contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga, António Coutinho, que se mostrou satisfeito com a iniciativa. “É sempre com muito gosto que recebemos os autores locais porque entendemos que a sua valorização e promoção reforça a identidade cultural do nosso território”, afirmou. Sobre o livro, o autarca recordou que “a Sueca é um entretenimento marcante em Portugal, e em especial em Sever do Vouga, muito presente nas associações locais e nos diversos convívios que são realizados, o que reforça a importância da sua dinâmica social e cultural”.

A Câmara Municipal de Sever do Vouga apoiou a iniciativa, ao disponibilizar os recursos técnicos e humanos da Biblioteca Municipal para que esta cumprisse a sua missão de conservar, valorizar, promover e difundir o património escrito, em especial o respeitante ao fundo local.