Passar para o Conteúdo Principal

“Do Sacro ao Profano-Ecos de um Povo” homenageia a identidade cultural de Sever do Vouga

Co 1432018   aniversario caesv sacro profano 1 1024 2500
14 Novembro 2018

Cerca de 60 severenses vão subir ao palco, nas noites de 16 e 17 de novembro, pelas 21h30, para assinalar o 17.º aniversário do Centro das Artes e do Espetáculo. A criação musical “Do Sacro ao Profano-Ecos de um Povo”, uma encomenda da Câmara Municipal de Sever do Vouga ao maestro severense Carlos Marques, é uma homenagem à memória coletiva das nossas gentes que celebra a identidade cultural de Sever do Vouga.

 

“A partir do Cancioneiro Popular, algo genuíno que nos remete para as raízes tradicionais, fez-se o convite ao maestro severense Carlos Marques para uma criação musical original transposta para a contemporaneidade”, explica a programadora cultural, Brígida Alves, que impulsionou este projeto que também envolve as coletividades do concelho ligadas à música.

 

Foram duas semanas de um intenso trabalho que deu origem ao espetáculo performativo. Com uma forte componente vocal, serão trabalhados temas como o trabalho/lavoura, religiosidade/procissão, romaria/festa e amor, resgatando assim memórias.

 

Preservar e divulgar os elementos da cultura popular é um dos objetivos do projeto, que ao envolver a comunidade, também promove e desperta o sentimento de pertença e estima.