Apresentação

BREVE HISTÓRIA


Biblioteca Fixa n.º 130 da Fundação Calouste Gulbenkian foi instalada em Sever do Vouga no dia 2 de Abril de 1969, ocupando uma pequena sala no rés-do-chão do edifício da Câmara Municipal. 

A Biblioteca foi instalada no âmbito do Serviço de Bibliotecas Fixas da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), iniciado em 1960 e dirigido por Branquinho da Fonseca, em que as autarquias cediam as instalações para o serviço e a FCG suportava todas as restantes despesas. Este serviço incorporava já os princípios básicos da leitura pública moderna, ou seja, o serviço gratuito para todos, o empréstimo domiciliário e o livre acesso às estantes. Durante muitos anos este foi o único contacto que a população severense teve com os livros. 

Em Dezembro de 1992, a Câmara Municipal transferiu o espólio bibliográfico para um novo espaço, o antigo quartel da GNR, na Avenida Comendador Augusto Martins Pereira, n.º 40. A partir desta altura, a Biblioteca Fixa funcionou com um horário de atendimento ao público mais alargado, estando aberta de segunda a sexta-feira. 

Com a implementação gradual do Programa Nacional de Leitura Pública, do então designado Instituto Português do Livro e da Leitura, a partir de 1987, que visava a construção de bibliotecas de feição mais moderna, de acordo com os princípios do Manifesto da UNESCO, as bibliotecas itinerantes e fixas da FCG foram decrescendo progressivamente até à extinção. 

No dia 13 de Dezembro de 2002, a Fundação Calouste Gulbenkian fez a doação do espólio bibliográfico à Câmara Municipal, que já se encontrava a desenvolver os trabalhos de implementação do que viria a constituir a Biblioteca Municipal de Sever do Vouga, da Rede Nacional de Leitura Pública (RNLP). 

Em 25 de Julho de 2009 é inaugurada a Biblioteca Municipal de Sever do Vouga (BMSV), situada no Parque Urbano da Vila, da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas promovida pela Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas. 


MISSÃO E OBJETIVOS

A Biblioteca Municipal de Sever do Vouga é um serviço público que tem como missão facilitar o acesso à cultura, à informação, à educação e ao lazer, contribuindo assim para elevar o nível cultural e a qualidade de vida dos cidadãos.

A Biblioteca Municipal, "porta de acesso local ao conhecimento", respeitando os princípios definidos pelo Manifesto da UNESCO (1994), tem como principais objetivos: 

1. Estimular o gosto pela leitura e a compreensão do mundo em que vivemos; 

2. Criar condições para a fruição da criação literária, científica e artística, proporcionando o desenvolvimento da capacidade crítica do indivíduo; 

3. Conservar, valorizar, promover e difundir o património escrito, em especial o respeitante ao Fundo Local, contribuindo para reforçar a identidade cultural da região; 

4. Difundir e facilitar documentação e informação útil e actualizada, em diversos suportes, relativa aos vários domínios de conhecimento, satisfazendo as necessidades do cidadão e dos diferentes grupos sociais. 


ESPAÇOS

A BMSV está instalada num edifício construído de raiz, cofinanciado ao abrigo de protocolo celebrado com o Ministério da Cultura - Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas -, e apresenta dois pisos, o Piso 0 e o Piso 1, destinados a serviços públicos e internos.


 

Receção

(Piso 0) - espaço de atendimento geral, de esclarecimento de dúvidas, inscrição de utilizadores, empréstimo domiciliário de documentos livro, reprodução de documentos, entre outros.

 

Sala Polivalente

(Piso 0) - área destinada a encontros com escritores, ações de formação, palestras, exposições, performances musicais e teatrais, entre outras atividades culturais.

 

Sala de Adultos

(Piso 1) - sala dirigida a público a partir dos 16 anos de idade e constituída por várias zonas, em específico a zona de atendimento, o setor multimédia para acesso a computadores com ligação à Internet, a zona de leitura de lazer com acesso livre a jornais e revistas, o setor áudio-vídeo para visionamento de filmes e audição de música, zona de consulta de documentação em livre acesso e de leitura.

 

Sala Infantojuvenil

(Piso 1) - preparada para crianças dos 0 aos 15 anos e constituída por várias zonas, em específico a zona de atendimento, o setor multimédia para acesso a computadores com ligação à Internet, a zona de leitura de lazer com acesso livre a jornais e revistas, o setor áudio-vídeo para visionamento de filmes e audição de música, zona de consulta de documentação (para primeira infância, infância e juventude) em livre acesso e de leitura.

 

Sala da Hora do Conto / Espaço Bebeteca

(Piso 1) - integrado na Sala Infantojuvenil, constitui uma zona privilegiada para as crianças.  Espaço dirigido especialmente à primeira infância, com mobiliário e recursos adequados, permite às famílias usufruírem de momentos de partilha.

 

Jardim

Espaço exterior, contíguo ao Parque Urbano, equipado com acesso wireless.

 

Parque de Estacionamento

Espaço exterior, destinado ao uso dos utilizadores e dos funcionários.