Biblioteca Andante


O SENHOR SEVÉRI constitui a primeira publicação infantil editada em Portugal sobre o mirtilo, cuja cultura do fruto está na origem da designação de Sever do Vouga como Capital do Mirtilo. Com texto de Cristina Sousa, ilustrações da severense Sónia Pais e revisão da conceituada especialista em Literatura Infantil da Universidade de Aveiro, Ana Margarida Ramos, este livro foi editado pela Associação para a Gestão, Inovação e Modernização do Centro Urbano de Sever do Vouga (AGIM), com o apoio da Câmara Municipal.

Sinteticamente, a ação é constituída por Hora do Conto, Degustação de Sabores (fruto, compota, triga milha, licor), Atelier de Ilustração e Sessão de Autógrafos com a ilustradora.

Através do livro e da animação da leitura fomentamos o conhecimento do fruto e estimulamos o seu consumo.


Público-alvo: Pré-escolar e 1.º CEB (1.º ano)


Obs.: Atividade disponível de 1 de abril a 19 de julho de 2020




 

* NOVO

O PEQUENO PAÍS DOS FRUTOS,
que João Pedro Mésseder dedica a Sever do Vouga, Capital do Mirtilo, é a prova de que certos livros não têm idade para ser lidos. O autor convida-nos a saborear o pequeno fruto de bagas azuis e outros, em pequenos poemas. 

João Pedro Mésseder passeia pelos pomares severenses e enamora-se dos mirtilos colhidos no fim de uma qualquer tarde de verão. Com atraentes e  vibrantes ilustrações de Paul Hardman, este livro, editado pela Caminho/Leya, com o apoio da Câmara Municipal de Sever do Vouga, faz-nos pensar em como pode ser doce a vida, entre as serras, com vista para o rio Vouga e, como Sever do Vouga é a terra da "pequena cápsula de sangue".

Sinteticamente, a ação visa dar a conhecer os pequenos frutos vermelhos do concelho de Sever do Vouga, com recurso à leitura de pequenos poemas, música, jogos de dança e degustação de sabores, num misto entre aprendizagem e diversão.


Público-alvo: Pré-escolar (dos 3 aos 5 anos)

Obs.: Atividade disponível de 1 de abril a 19 de julho de 2019








 


RIR À LETRA é uma ação que conjuga livros com singular caráter humorístico e jogos de riso, numa união divertida entre Hora do Conto e Risoterapia.

A risoterapia é considerada uma excelente técnica psicoterapêutica complementar que ajuda a libertar o stresse, os pensamentos e energia negativos. Rir é a melhor medicina preventiva que se conhece contra doenças do foro mental, físico e emocional, é sustentável e não tem contra indicações.

O riso tem um papel fundamental no desenvolvimento das crianças porque, assim como a brincadeira, desencadeia um conjunto de reações fisiológicas, cognitivas e emocionais que facilitam a aprendizagem e a sociabilização, permitindo que a criança seja mais recetiva e espontânea.


Público-alvo: Pré-escolar e 1.º CEB (1.º ano)

 


A EXPOSIÇÃO BIOARTES é composta por 36 ilustrações originais concebidas por crianças do 1.º CEB das escolas do concelho de Sever do Vouga.

Sob o tema da biodiversidade, as crianças foram convidadas a participar numa viagem ao mundo da reciclagem e da reinterpretação, criando ilustrações a partir de objetos que adquiriram novos sentidos, numa união entre a arte, o respeito pela natureza e por outras conceções do mundo.

Os trabalhos de ilustração foram desenvolvidos no âmbito do projeto homónimo, cofinanciado pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 2010, no âmbito de candidatura a Projetos de Promoção da Leitura em Bibliotecas Públicas.

O workshop BioArtes (facultativo), desenvolvido pela ilustradora Sónia Pais, estimula a imaginação e a criatividade das crianças que, através da reutilização de materiais inutilizados e recorrendo à técnica da colagem, interiorizam a arte enquanto forma de comunicação.


Público-alvo: Geral

Workshop: 1.º CEB


 


A EXPOSIÇÃO BM ILUSTRA é composta por 26 ilustrações originais desenvolvidas no âmbito do serviço público da Biblioteca Municipal.

Promover a leitura em família, estimular a imaginação e a criatividade das crianças, tornar o objeto livro apetecível aos olhos de pequenos e de graúdos é hoje a essência das práticas diárias da biblioteca pública.

Numa sociedade globalizada e exigente, cada serviço, cada projeto, cada ação encetada pela biblioteca exige o domínio de várias técnicas e estratégias de divulgação que, desde logo, condicionam o seu resultado.

Consciente do papel fulcral que desempenha hoje na comunidade, a Biblioteca Municipal de Sever do Vouga aposta na ilustração infantil como meio de comunicação por excelência.

A exposição de originais "BM ILUSTRA" exibe o processo de criação da ilustradora residente, Sónia Pais.

O observador pode, assim, percecionar as linguagens usadas na produção dos materiais divulgativos das iniciativas. Reflexo das novas e atuais tendências, a técnica mista é a mais usada pela ilustradora, acrílico sobre papel, o recurso ao carimbo, à reutilização de materiais inutilizados. 


O workshop BM Ilustra (opcional) estimula a imaginação e a criatividadedas crianças.

O mundo da ilustração infantil, como afirma a ilustradora Pacovská, é a primeira galeria da criança.


Público-alvo: Geral

Workshop: 1.º CEB


 


A EXPOSIÇAO PAIS DO AVESSO é composta por 12 ilustrações originais, da ilustradora Sónia Pais, desenvolvidas sob a temática da parentalidade positiva para promoção de palestras do projeto homónimo. A preocupação com a educação dos filhos, a mudança do paradigma da educação autoritária para a parentalidade positiva, os papéis parentais, a comunicação, as birras, os castigos, os limites, o afeto e o colo são alguns dos assuntos percetíveis nas ilustrações.


Pais do Avesso, projeto desenvolvido em parceria com o Serviço de Ação Social do Município de Sever do Vouga e com o Centro de Apoio Familiar e de Aconselhamento Parental "Raio de Sol Para Todos" da Associação Humanitária Mão Amiga, de Albergaria-a-Velha, visa a promoção do conceito de parentalidade positiva junto das famílias.


O Município de Sever do Vouga considera que o apoio às famílias e o enfoque nas pessoas constitui uma das pedras basilares de combate ao isolamento e à desertificação, tendo obtido o reconhecimento de "Autarquia + Familiarmente Responsável ® ", pela 2ª vez consecutiva, em 2017, pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis.


O projeto "Pais do Avesso" foi distinguido com Menção Honrosa do Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais, pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, em 2016.


As ilustrações, desenvolvidas maioritariamente em acrílico sobre papel, incitam à reflexão imperiosa que a sociedade necessita efetuar sobre o conceito de família e o desafio da parentalidade. A família enquanto unidade-base da sociedade. A família desempenha um papel insubstituível: o ser humano nasce e cresce no seu seio e nele constrói a sua identidade. É no seio familiar que se efetua a educação basilar das crianças e se absorvem as primeiras transmissões culturais.


Público-alvo: Geral